Artigo: Como é uma aula de Biodanza?

Uma aula de Biodanza de grupo regular, como é a prática em Portugal, acontece uma vez por semana e tem uma duração de cerca de duas horas

A aula começa por uma roda de partilha à qual se segue a vivência, ou seja, o momento das danças propriamente ditas.

Na primeira parte, de cerca de 30 minutos, o espaço é para a partilha vivencial habitualmente inspirada na sessão anterior, dos membros do grupo que desejem partilhar o seu testemunho individual sobre como foi sentida, como foi vivenciada e quais os efeitos que gerou em si.

Há então lugar a uma breve apresentação teórica do facilitador enquadrando o tema que irá ser dançado naquela aula. No segundo momento da sessão acontece a vivência propriamente dita: as danças.

Uma vez que em Biodanza as propostas das danças são pautadas, significa que o facilitador dará uma consigna antes de cada dança. A consigna inclui o nome da dança, qual a sua pauta de movimento e por vezes inclui qual a sua projecção existencial, ou seja, a relação daquela dança com a vida. De seguida exemplifica, dançando um pouco da música.

É então hora do grupo responder ao convite para dançar a sua expressão daquela dança no momento.

São cerca de 12 o número de danças em cada aula, sequenciadas entre momentos de dança mais activa, expressiva e de movimento animado e outros com movimento mais tranquilo, sereno e de efeito harmonizador.

Não há duas aulas iguais embora haja algumas regras (e suas excepções):

Quase sempre as aulas começam com uma roda;

Quase sempre as danças se dançam com música;

Quase sempre as músicas envolvem movimento.

É bastante seguro dizer que se sai de uma aula de Biodanza mais bem-disposto do que ao entrar…

Catarina Almeida, 11Nov16

1 / 1

Please reload