Artigo: Quais os benefícios da prática da Biodanza?

Quando me perguntam que tipo de actividade é a Biodanza, não tenho facilidade em responder: não é um desporto, não é uma terapia, não é uma arte performativa e seguramente não é uma religião.

É uma proposta integrada e inovadora, que junta conhecimentos da Ciência e a abordagem singular da Arte. Utiliza uma linguagem extremamente potente e capaz de ser compreendida por qualquer ser humano em qualquer parte do planeta: a música, o movimento e a dança.

Mesmo com vários efeitos terapêuticos, a Biodanza não é uma terapia pois não elabora a partir de um diagnóstico, embora estejam cientificamente comprovados vários dos seus benefícios, tanto físicos como psicológicos. As principais melhorias reportadas dão-se a nível dos sistemas orgânicos e psicomotores: metabólico, neurovegetativo, endócrino e imunológico, assim como a nível psicológico: emocional, afectivo e relacional.

Com o foco no viver - aqui - agora e no resgate de valores essenciais de cuidado pela vida, a prática regular apoia a reavaliação de hábitos e comportamentos quotidianos e apoia a percepção de novas atitudes e estilos de vida mais saudáveis.

Estes são os principais benefícios que pode trazer uma prática regular de Biodanza:

 

- Melhora a qualidade de vida e aumenta a saúde geral e a sensação de harmonia orgânica;

- Promove o bem-estar, a ampliação de capacidades motoras e aumenta a energia vital;

- Resgata a motivação, a alegria e o prazer de viver;

- Fortalece a auto-imagem, a auto-estima e a expansão da confiança em si mesmo;

- Desenvolvimento integrado da identidade e dos próprios potenciais;

- Estimula a comunicação e a expressão dos sentimentos de forma integrada;

- Amplia a consciência e a percepção de si, do outro, do espaço e do tempo;

- Cria um espaço protegido para o auto-conhecimento, para identificar desafios, superar dificuldades e alterar comportamentos;

- Motiva a exploração criativa e a experimentar a expressão pela arte;

- Apoia a capacidade de buscar novas possibilidades, a acolher a mudança e a procurar a realização pessoais;

- Desperta uma nova ecologia humana baseada na escuta, cuidado e amorosidade nas relações;

- Facilita o reencontro com a expressão da espontaneidade e da autenticidade;

- Nutre a criação de um contexto afectivo vivencial positivo e de pertença a um grupo;

- Incentiva uma nova forma de relação com a natureza e com toda a Vida, baseada no amor.

 

Pela sua genial simplicidade, a Biodanza não tem contra-indicações e pode ser praticada por pessoas de todas as idades.

 

Catarina Almeida, 24Nov16

1 / 1

Please reload

A revista Saúde Actual publicou em Maio de 2017 o artigo:

 "Biodanza: os segredos do corpo - mente"