Artigo: Os sete Poderes da Biodanza - O TRANSE E A REGRESSÃO

 

Os sete Poderes da Biodanza® são: a Música, o Movimento Integrado, a Vivência, o Contacto e a Carícia, o Grupo, o Transe e a Regressão e a Expansão da Consciência. Todos convergem para o seu processo central: a Integração da Identidade.

O conjunto de sete Poderes conquista esta qualidade porque todos eles estão presentes em todas as aulas, embora naturalmente em dimensões diferentes, consoante o tema que se esteja a dançar.

O eixo horizontal do Modelo Teórico da Biodanza® representa a pulsação entre o estado de consciência da própria identidade e o estado de regressão. O transe é a passagem, ou trânsito, entre estes dois estados opostos de consciência.

 

No estado de consciência da identidade estamos presentes fisicamente e na dimensão individual, enquanto seres únicos e diferenciados, a que associamos características identitárias e o discurso “eu sou”, do ego.

 

A regressão é um estado em que diminui esta consciência de mim e da minha identidade individual no presente, para dar espaço a uma percepção mais alargada da realidade, em que ocorre a difusão ou eliminação dos limites do eu, podendo alcançar-se um sentimento de união com a totalidade da vida. Neste estado, é ainda renovada a capacidade de acesso a potenciais inconscientes e arcaicos, que podem assim actualizar-se e manifestar-se conscientemente, após terem sido contactados.

 

Esta pulsação representa um dos processos fundamentais no desenvolvimento de uma identidade integrada, definida enquanto capacidade de progredir ou evoluir em consciência de si após uma regressão.

 

Durante uma aula, o processo de transe funciona como mediador entre estes dois mecanismos pulsantes, que se retroalimentam e assim nutrem o processo de integração da identidade como todo coerente e evolutivo.

 

As músicas utilizadas para este efeito facilitam o contacto com os ritmos orgânicos primordiais e por esta via vivificam todos os mecanismos psico-fisiológicos que são responsáveis pela reparação e renovação biológicas e que se traduzem numa sensação de bem-estar real e numa profunda harmonia.

 

O transe em Biodanza® recorda ainda a necessidade de promover no quotidiano esta alternância entre as fases: desperta-activa e de repouso-passivo, fundamental à manutenção da saúde física e ao contacto com todas as dimensões da vida que nos habita.

Catarina Almeida, 20Fev17

1 / 1

Please reload